em Moda

 Oiiii amoresss!!! Seguimos com mais um post sobre o Fashion Week, e agora vou contar uma das casas italianas para o Inverno 19/20.

VERSACE

Donatella revisitou os arquivos da marca na nova coleção da Versace. Exaltou todos os elementos que tornaram a marca um ícone das mulheres barrocas desinibidas. O DNA sexy e ousado estiveram presentes nas peças. Meia arrastão, cores neon, extravagância, recortes, fendas, transparência e muito brilho estiveram presentes nessa coleção bem Versace de ser.

PRADA

Uma vibe gótica ultramoderna como um romance sombrio em perigo, trouxe uma leitura do mundo atual, como uma reflexão da humanidade, das nossas forças e fragilidades. Miuccia Prada uniu terror e romance para sua nova coleção e o resultado foi incrível! Peças delicadas se misturaram a coturnos pesados e cores suaves como rosa e azul, que contrastaram com preto e verde militar. No lado doce e suave, as peças vieram com muita renda e flores, ora em bordados, ora em estampas e ora em apliques 3D. A Prada mostrou que o preto também pode ficar mais gracioso no inverno com detalhes florais.

 

DOLCE & GABANNA

Domenico Dolce e Stefano Gabanna apresentaram um desfile sob a marca da elegância italiana. Sem abrir mão do seu DNA, trouxeram muito brilho, laminados e estampas barrocas.  Fizeram uma viagem através de décadas da moda nessa nova coleção. Apostaram em ternos estruturados, com forte influência da alfaiataria masculina italiana. Ombros marcantes, capas e gravatas-borboletas, combinados aos acessórios de cabeça, arrematando a vibe retrô. Tecidos mais pesados, moldados à silhueta feminina com recortes e modelagem acinturada compõem o show, iniciando e finalizando  o desfile com looks vintage. Vimos referências aos anos 20, 30, 40 e 50, com a elegância que marcaram esses períodos. A alfaiataria se misturou à vestidos, incluindo modelos para noivas. Nas estampas, xadrez e poá se juntaram a florais e animal print, clássicos da marca.

 

GIORGIO ARMANI

Giorgio Armani apresentou uma coleção sóbria, trabalhando basicamente o preto e azul na alfaiataria clássica da marca. O veludo foi um dos tecidos principais, aparecendo em macacões, saias e calças, contrastando com transparência e tecidos leves. Blusas trabalhadas com drapeados trazem um ar de elegância à uma mulher poderosa. No mais, a bela coleção conta com peças perfeitas para o trabalho e para o dia a dia.

 

GUCCI

Gucci apresentou um verdadeiro baile de máscaras, com produções que inspiram. Um dos desfiles mais espetacular da semana de moda de Milão. Com um ar de teatralidade e uma reflexão sobre a pessoa que se esconde por trás da máscara, a nova coleção de Alessandro Michele foi fiel aos códigos de suas criações, com peças vintage e genderless. Peças de alfaiataria bem estampadas se misturaram a muito brilho e rendas e não houve economia na cartela de cores, com propostas bem coloridas. Nas estampas, destaque para o xadrez.

 

Beijinhos da Ju.

Instagram: @julianasaraiva_oficial
Facebook: JuSaraivaOficial
Youtube: Juliana Saraiva

Postagens Recentes

Deixe um Comentário